Violência nos videojogos

O debate em torno da violência e os videojogos já não é novo, apesar de ter ganho maior visibilidade nos últimos tempos, sobretudo nos EUA. Este artigo defende que existe alguma contradição entre os dados/estatísticas oficiais sobre o crime e a perspectiva do senso comum (jogar videojogos violentos facilita/origina comportamentos violentos/criminosos). É um argumento… tem as suas falhas…

Não deixa de ser interessante consultar dados sobre o crime violento nos EUA, demonstrado aparentemente que existe uma enorme diferença entre a criminalidade real e a perspectiva subjectiva (vivência) do público sobre o problema. Nada de novo…

 

Advertisements

Comments are closed.

%d bloggers like this: