As revistas do massive multiplayer em Portugal

Há uns meses atrás, em Março, identifiquei aqui umas revistas que se dedicavam ao universo dos MMO. Entretanto, andei a ver o que conseguia encontrar e há algumas surpresas 🙂 para partilhar.

Estava eu a passear no Colombo (lx), na minha volta habitual (FNAC, Bertrand, cinema, …) quando encontrei a Massive numa prateleira de uma loja de revistas (entre muita outras coisas). Encontrei logo o 1º numero da revista e faço tenção de comprar todos os números que conseguir. É, sem dúvida, uma excelente revista. Leva imenso tempo a digerir (bons artigos, bem escritos e com conteúdo muito para além dos reviews de jogos ou de notícias da indústria) e vale bem o dinheiro. Como bónus ainda oferece um DVD com trial keys 😀 Excusado será dizer que passei a ter mais uma “loja de passagem obrigatória”. E a revista cá anda na minha mochila…

 Andava eu dividido entre a felicidade de ter encontrado em Portugal um local onde posso comprar a revista que mais desejava (o nick yee  participa na equipa da revista 🙂 e a tristeza de não poder ter acesso às outras duas (MMO Gamer parece que não vê a luz do dia e não consigo encontrar  a Massive Online Gamer) quando dou de caras em Coimbra com uma 4ª revista: Beckett Massive Online Gamer

Ou seja, afinal há pelo menos mais uma revista sobre este universo 😀 É verdade que a qualidade não é comparável: papel é fraquito/fininho, conteúdo é menos interessante e original (manuais a ensinar como levelar chars, reviews de jogos, etc…). Oferece um poster nas páginas centrais… Um conceito mais próximo do da revista Bravo (lembram-se?) mas mesmo assim sei bem que vou comprá-la sempre que puder. Acaba por ter algum interesse, é uma revista produzida para a comunidade dos MMOgamers e existem tão poucas em Portugal que não posso prescindir de ir acompanhando…

As últimas palavras deste post são dedicadas à MegaJogos. Em Portugal, o panorama das revistas sobre jogos de computador e videojogos é dominado pela BGamer e MegaScore. Há uns meses atrás, surgiu um novo projecto editorial português nesta área: a MegaJogos. Confesso que fiquei bastante entusiasmado desde o primeiro número: artigos sobre política/ideologia e jogos, advergaming, serious games, diferentes gerações nos GW, etc. Parecia que finalmente surgia uma revista de massas com mais preocupações do que oferecer a review do jogo A ou a notícia do press release da empresa B. Além do mais, desde o início foi dado algum destaque ao Guild Wars (chegaram a oferecer um dvd com trial do GW 🙂 e eu antecipei que os MMO teriam sempre algum destaque. Pois foi sol que durou pouco… Comprei uns 4 números (talvez fossem 5) e deixei de encontrar a revista. Será que já acabou? Espero bem que não…

Advertisements

Comments are closed.

%d bloggers like this: