agricultura digital

Eu farmo, tu farmas, ele farma…

Nós farmamos, vós farmais, eles farmam…

Novo verbo: farmar (do ing. to farm)

Definição: termo utilizado para descrever o processo de matar monstros para obter os drops, esperar pelo respawn dos monstros e voltar a matá-los para obter mais drops.

Não sabem o que são drops? hmmm just google it!

Existe algo de hipnótico no processo de farmar. Escolher um caminho, uma área ou grupo ou boss como alvo, definir uma táctica, ver se resulta, aperfeiçoar a técnica e depois… farmar, farmar e farmar…

Por vezes, o farmar tem como objectivo um item específico (uma arma rara, etc.). Outras vezes, é apenas para fazer dinheiro e reunir materiais. Tentando sistematizar: “oriented farm” e “free/open farm”. Adoro criar novos termos 😀 Também podemos falar em “solo farm” e “group farm” (estes termos já existem…), quando farmamos solitariamente ou em grupo, respectivamente.

O processo é sempre bastante repetitivo, quase mecânico. Apesar de exigir, muitas vezes, alguma táctica e estratégia, mobilizar diferentes informações e conhecimentos (espaço geográfico, builds mais eficazes, skills dos inimigos, etc.) ao fim de algumas repetições (farmar implica repetir o processo muitas vezes… dezenas de vezes? mais?), o processo automatiza-se e deixa de ser preciso reflectir muito sobre o que se está a fazer… é esse o estado hipnótico, viciante, quando o tempo passa sem darmos conta…

Para avaliar corectamente o farming, é preciso referir que este é extremamente útil, é impossível prescindir dele se queremos ir mais além, avançar, é a primeira forma de enriquecer, a única que está sempre disponível e à qual podemos sempre recorrer. Através do farmar obtemos recursos necessários para continuar a avançar. Ou seja, existe uma recompensa imediata (drops) e uma recompensa a longo/médio prazo (os items que procuramos obter são importantes ou os materiais/dinheiro que colectamos servem para evoluirmos no jogo), o processo é envolvente e exigente (é preciso destreza, táctica, etc.) mas também permite entrar em registo automático,o escapismo. Para o stress do mundo real, é um remédio santo 😀

Advertisements

Comments are closed.

%d bloggers like this: