algumas notas

Ontem à noite:

Anteontem:1º contacto com os 2 novos recrutas no jogo e guilda: NN e KH. KH já tem experiência de Lineage2, NN vem dos FPS. Estão a explorar o jogo, ainda estão no pre-searing.

KH coloca questões directas (onde se vende? onde se compra? como envio um whisper? etc.) e usa o chat sem problemas. O NN coloca questões mais abertas (o que devo fazer? devo aceitar esta quest? etc) relacionadas com a mecânica do gameplay do género. Teve de falar por telemóvel e já sugeriu o TS. O chat não é “fácil” para ele. Tem algumas dificuldades na escrita do inglês… sempre deve ajudar a explicar dificuldade no chat. O KH mals entrou na guilda usou o chat de guilda para dizer olá e trocar as primeiras impressões com os outros membros.

1ªsessão de TS com os 2 (1º NN, a pedido dele montei o server, o KH juntou-se depois). Fizemos uma party de 3 e continuou a existir o mesmo percurso: NN pergunta antes de decidir, para não se enganar; KH pergunta com base em coisas que já fez (fiz isto, aconteceu-me aquilo… então o que aconteceu? o que devo fazer para o resultado ser este?).

Instruções mais directivas para o NN, a experiência prévia (ou ausência dela) é muito importante. KH é mais afoito na exploração, está a ambientar-se mas já sabe o que isto é. O NN está ainda a perceber o que é isto enquanto faz a ambientação. O NN tem investido mais horas, com rendimento semelhante ou inferior ao KH… Este é mais eficaz porque já sabe como funciona o jogo. KH até já criou um 2º char.

Na party, o NN ficou mais para trás (até me parece que está a descobrir uma vocação para “buffer”/”prot”/”healer” 😀 o KH é sempre em frente 😀 Não deixa de ser curioso que quem tem experiência dos FPS aborde os combates com mais calma ou receio (?). Talvez seja a experiência prévia, talvez o feitio ou personalidade. Éramos 3 rangers, eles os 2 estavam equivalentes (lvl 7) mas o KH morreu mais vezes, o NN só morreu por inexperiência… Não fugiu a tempo ou foi preso num aggro. Curioso…

No fim, o NN ficou ainda por lá… suponho que também é o fascínio pela descoberta deste tipo de jogo 😀 como eu o compreendo bem… Ontem levei o Lennos (canthan) de Yaks até Ascalon (fiz “ao contrário” o primeiro cenário do jogo) e confesso que quando cheguei a Ascalon com o ranger, apesar de ser a primeira vez que ele lá chegava, senti algo parecido com o voltar a casa… voltar onde tudo começou… “vês Lennos, esta é a origem da tua família… bem-vindo a casa!”

Advertisements

Comments are closed.

%d bloggers like this: