Novos heroes e GW:EN

25 July, 2007

Comprei o pre-order do GW:EN ūüėÄ tenho 3 armas novas eh eh eh e assim vou poder jogar nos espa√ßos novos j√° em Agosto, uma semana antes dos restantes. N√£o sei bem porqu√™ mas acho que vai estar crowded… Deve andar tudo a comprar o pre-order ūüėÄ

E eu ando cheio de vontade de jogar com os novos heroes…

A Jora

O Pyre Fierceshot

O Ogden Stonehealer

e o Vekk

Advertisements

Maria √© quase Cartographer

25 July, 2007

MN j√° visitou¬†89,8% do territ√≥rio de¬†Tyria…


O que tenho e o que quero

25 July, 2007

Esta semana ainda tenho exames (recurso e melhorias) e no fim-de-semana um casamento… Pelo meio, tenho mudan√ßas para fazer e MONTES de tralha para carregar arghhhhhhhhhhh Ou seja, viagens de carro com calor, carregar coisas pesadas, cerim√≥nias com pessoas que n√£o conhe√ßo, correc√ß√Ķes de provas… isto est√° lindo…

Quero dormir, jogar GW, beber imperiais, ver o mar e comer petiscos…


Novos prazos

25 July, 2007

O meu orientador vai para um retiro de 15 dias, incontact√°vel, e eu j√° tenho prazos para cumprir:

Р15 de Agosto = draft do projecto

– Setembro/Outubro = projecto d√° entrada no CC e, depois de aprovado, inscrevo-me

agora tenho de organizar-me…


Impress√Ķes do Second Life

25 July, 2007

O que mais me impressionou no SL…

a) diversidade de conte√ļdos

Visitei v√°rios espa√ßos, bastantes relacionados com as artes, e fiquei supreendido com a qualidade de alguns espa√ßos e com a enorme diversidade de “coisas para ver”.

b) facilidade na cria√ß√£o de conte√ļdos pr√≥prios (dos utilizadores)

Outro dos aspectos que despertou a minha aten√ß√£o foi a facilidade de cria√ß√£o de conte√ļdos. Fazer upload de imagens (texturas)¬†√© f√°cil, criar roupa simples tamb√©m. O mesmo se aplica √† constru√ß√£o de edif√≠cios ou de espa√ßos arquitect√≥nicos minimais.

√Č claro que nem toda a roupa √© simples e nem todos os espa√ßos s√£o minimais. Todavia, n√£o deixa de ser surpreendente a rapidez e facilidade com que um qualquer utilizador pode come√ßar a criar conte√ļdos pr√≥prios (e com qualidade!!!). Parece-me que a parte mais dif√≠cil, na cria√ß√£o de conte√ļdos, √© a modela√ß√£o de itens e a programa√ß√£o (scripts). Ainda assim, parecem-me ambos bastante acess√≠veis.

A possibilidade de exportar modelos do Blender para o SL abre novas possibilidades (processos de trabalho e de n√≠veis de qualidade das cria√ß√Ķes) muito promissoras.

c) maleabilidade/flexibilidade das funcionalidades do sistema

Para al√©m da diversidade dos conte√ļdos presentes na “grid” (mas relacionada com esta), impressionou-me a variedade de eventos, a flexibilidade de um sistema que permite mais do que exibir imagens.

√Ä partida, estava √† espera de um universo muito “visual”, mais adaptado a galerias de imagens do que a confer√™ncia… Ou seja, fiquei surpreso quando encontrei cartazes a anunciar confer√™ncias (acad√©micas/intelectuais) ou refer√™ncias a concertos de m√ļsica. O SL permite bem mais que exibir imagens.

d) interacção com o mundo real

Podia ser um espa√ßo de “escapismo”, um lugar onde os residentes tinham estabelecido entre si¬†um pacto t√°cito para esquecer o mundo onde est√£o sentados diante do monitor. Mas para n√£o esquecermos o mundo real, tamb√©m no SL l√° estava um poster com a “Maddie”.

e) entretenimento dentro do entretenimento?

No SL, cada um decide aquilo que quer fazer. Claro que se aquilo que quisermos fazer implicar dinheiro (comprar roupa, etc.), temos de arranjar fontes de rendimento. Encontrar um local de “camping” ou um emprego s√£o as solu√ß√Ķes mais comuns. Claro est√° que com tanto “stress” era necess√°rio criar espa√ßos de lazer… Ainda assim, a quantidade de espa√ßos de dan√ßa que encontrei √© de ficar abismado. Tal como noutros locais (ver GW ūüôā parece que quando nos encontramos online, dan√ßar √© um dos comportamento “prim√°rios”. N√£o deixa de ser curioso… este fasc√≠nio, quase hipn√≥tico, pelos movimentos de um corpo. Ser√° o nosso lado mais primitivo a aliar-se √† facilidade tecnol√≥gica (implementar dan√ßa em avatares n√£o √© muito complicado…)? Por outro lado, tamb√©m √© curiosa a necessidade de espa√ßos de “escapismo” (algo ir√≥nico…. aqui) dentro de um espa√ßo de “escapismo” ūüėÄ espa√ßos onde as pessoas se possam divertir e esquecer-se das suas resposabilidades. Pelos vistos, h√° coisas que s√£o bem iguais entre a 1¬™ e a 2¬™ vidas…

f) “realismo” relativo

√Č um espa√ßo virtual 3D. Limites? Poucos… As skyboxes (esp√©cie de lojas/apartamentos constru√≠dos no ar – a propriedade inclui o eixo y ūüėÄ s√£o um bom exemplo disso. No entanto, a maior parte daquilo que existe s√£o r√©plicas (com algum realismo ou, no m√≠nimo, verosimilhan√ßa) de espa√ßos reais… √Č claro que podemos depois ter experi√™ncias que n√£o est√£o dispon√≠veis no mundo real (saltar de p√°ra-quedas da Torre Eiffel) mas n√£o existe uma explora√ß√£o global do lado “irreal” ou¬†“inveros√≠mil” s√≥ poss√≠vel em espa√ßos destes. Pouca liberdade de imagina√ß√£o?

g) dimensão sexual

A quantidade de espa√ßos/objectos/ac√ß√Ķes/eventos com carga er√≥tica-sexual √© enorme. Arriscaria mesmo dizer que √© a tem√°tica omnipresente. Muito h√° a escrever e dizer sobre isto…


Guilda com nova p√°gina

25 July, 2007

E pronto, finalmente abrimos ao p√ļblico a nova p√°gina ūüėÄ Deu (e continua a dar)¬† muito trabalho mas agora a vida da guilda vai andar bem mais organizada.

Pelo que percebi, toda a gente anda orgulhosa e feliz com a nova p√°gina. Sinceramente, acho que temos raz√Ķes para isso ūüôā Acho que ainda vamos ter uma vida bem longa…